Motorista foi multado por avançar sinal vermelho em local que nunca existiu semáforo

Delco Pereira de Souza, proprietário de um veiculo Chevrolet Agile, teve uma grande surpresa ao receber em sua residência uma multa de trânsito, em que ele supostamente teria cometido uma infração ao avançar um sinal vermelho de um semáforo localizado no cruzamento da Rua Princesa Izabel com a Avenida Dom Pedro I, setor 05 em Jaru. Ocorre que para seu espanto, neste local nunca existiu semáforo.

 

Em busca de esclarecer este problema, o condutor se dirigiu a Ciretran local, e em contato com a diretora Lucia Costa, foi informado que teria direito a recorrer da autuação, mas que possivelmente acabará arcando com a multa considerada infração gravíssima, que lhe rendeu sete pontos em sua carteira e lhe custou R$ 191,54.

 

Baseado no Art. 208 do CTB, Lucia Costa, ressaltou a nossa reportagem e também ao condutor, que o agente autuador agiu corretamente, pois no referido artigo da lei de transito, transcreve que avançar o sinal vermelho do semáforo ou o de parada obrigatória que seria o caso, corresponde à infração gravíssima.

 

Na concepção da diretora e também do agente autuador, as infrações são as mesmas, independente das descrições transcritas em sua multa. Mas para o condutor, esta autuação é inadmissível, e não se pode confundir tais equipamentos de sinalização. Delco, afirmou que irá recorrer da autuação.

 

 

 

 

Matéria: Jaru Online

Comente

   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados Conexao190. Jaru/RO Levando mais Informação.