Reforma administrativa diminui número de secretários e de cargos comissionados

prefeitoCom o objetivo de gerar economia aos cofres públicos do município de Jaru, o prefeito João Gonçalves Júnior enviou à câmara municipal, o projeto de Lei 013/GP/2017 que trata da reforma administrativa. Os vereadores aprovaram o projeto na tarde desta quarta-feira (08).
Com a nova reforma, das 10 secretarias existentes, ficaram apenas seis. As Secretarias de Obras, Meio Ambiente e Agricultura passaram por uma fusão que criou uma única pasta denominada Secretaria Municipal de Infraestrutura, Agricultura e Meio Ambiente.
As Secretarias de Educação e Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer também sofreram a fusão e agora é Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. A Secretaria de Administração e Fazenda foi fundida com a Secretaria de Planejamento, criando a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Fazenda.
A Secretaria de Assistência Social teve sua nomenclatura alterada para Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. As Secretarias de Saúde e de Gabinete permanecem sem mudanças.
Além de diminuir o número de secretários, a reforma também faz cortes de cargos comissionados. De acordo com o prefeito, a ação prevê uma redução de gastos significativos aos cofres públicos do município. “A reestruturação faz parte de um conjunto de medidas adotadas para melhorar a eficiência da gestão e ampliar a capacidade de investimentos no município”, disse.
O número de funções gratificadas exclusivas de servidores efetivos municipais aumentou. “Essa é uma das nossas ações para valorizar o servidor efetivo. Agora, além das funções gratificadas terão um preenchimento na estrutura dos cargos em comissão”, explicou o prefeito.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Jaru

Comente

   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados Conexao190. Jaru/RO Levando mais Informação.