Presos colocam fogo em celas de Casa de Detenção de Ouro Preto

Três celas da Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste tiveram princípios de incêndio na manhã desta segunda-feira (30). As salas do alberque 1 e 2, ao lado da Delegacia de Polícia Civil e a do alberque 4, próximo ao Quartel da Polícia Militar

 Corpo de Bombeiros realizam trabalho para conter chamas na Casa de Detenção. (Foto: OuroPretodoOeste.com) Três celas da Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste tiveram princípios de incêndio na manhã desta segunda-feira (30). As salas do alberque 1 e 2, ao lado da Delegacia de Polícia Civil e a do alberque 4, próximo ao Quartel da Polícia Militar tiveram objetos queimados pelos presos e originou as chamas. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter antes que se alastrasse.

 Segundo informações colhidas no local, nas celas do presídio onde houve fogo, não tiveram vítimas, mas alguns detentos começaram a passar mal por inalar fumaça. As celas teriam ficado destruídas.

Controlada as chamas, os apenados foram levados para a quadra, onde passaram por uma revista. Trinta presos do semiaberto serão recambiados para outros presídios do estado, o que gerou um descontentamento entre eles e teria sido a causa da revolta.

Informações colhidos entre alguns agentes eles informaram a nossa reportagem que o clima dentro do presídio está tenso. O incêndio teria sido causado pelos detentos do semiaberto. Um funcionário da casa, que não quis ser identificar disse estar preocupado com a situação. “Se os semiabertos não se separarem definitivamente do regime fechado, as próximas notícias que vocês darão será de morte de presos e agentes penitenciários”, desabafou.

Ele ainda disse que o presídio de Ouro Preto é o único do estado onde os presos do regime-fechado ficam juntos com os detentos do semiaberto. “Hoje a casa de detenção é uma verdadeira bomba relógio, conta com quatro agentes masculinos e um feminino para cuidar de 190 presos”, disse ele. Os agentes também comentou que todos eles recebem ameaças dos detentos contra seus familiares.

Ainda nesta segunda-feira treze presidiários foram transferidos para casas de detenção em Rolim de Moura e Ji-Paraná.

 

OuroPretodoOeste.com

Comente

   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados Conexao190. Jaru/RO Levando mais Informação.