Mãe jaruense está à procura da filha que ficou no Mato Grosso e não vê há 23 anos

RoseliA jaruense Roseli Francisca da Conceição, 43 anos, está tentando localizar a filha Cleidiane Alves da Silva, a qual não vê desde 1993, quando mudou-se para Jaru em Rondônia deixando a menina que tinha apenas um aninho de idade. Após mais de duas décadas sem ver a filha, Roseli tenta realizar o sonho de reencontrá-la.

Roseli disse que era casada com Valdivino Alves da Silva e o casal residia em Primavera do Leste no Mato Grosso, mas o casamento não deu certo e ela teve que ir embora. Como era muito humilde e não sabia de seus direitos, foi obrigada a deixar para trás a filha Cleidiane, ainda muito pequena, sob ameaças do marido e de seus familiares de que se voltasse para buscar a menina, chamariam a polícia e ela seria presa.

Muito tempo se passou, mas o coração bastante sofrido da mãe não esqueceu a filha e sempre sonhou em encontrá-la novamente para poder abraçar e contar toda a verdade, que não a abandonou, mas que as circunstâncias fizeram com que se afastasse e não pudesse vê-la novamente por tanto tempo.

Trabalhando como secretária do lar, Roseli Francisca foi informada de seus direitos e que através de uma matéria jornalística poderia descobrir o paradeiro da filha e realizar o tão desejado sonho de revê-la.

Em contato com a Reportagem do site Anoticiamais, Roseli Francisca da Conceição contou sua triste e sofrida história e agora espera que a filha ou alguém que a conheça, leia e entre em contato para promover o reencontro e ter um final feliz. O contato pode ser feiro pelos fones: (69) 99271-7461, 3521-2550 ou 99238-2808 (WhatsApp).

Compartilhem por favor esta matéria para que chegue ao maior número de pessoas possível e quem sabe descobrir o paradeiro de Cleidiane Alves da Silva.

Fonte: Anoticiamais

Autor: Flávio Afonso

Comente

   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados Conexao190. Jaru/RO Levando mais Informação.