Inscrição prorrogada para curso de Licenciatura em Educação do Campo

As inscrições para o processo seletivo do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) foram prorrogadas e podem ser feitas até o dia 14 de junho de 2015. As inscrições devem ser feitas exclusivamente via internet, no endereço eletrônicohttp://www.certames.unir.br/educacaocampo/login.xhtml.

 

São ofertadas 120 vagas, sendo que 60 são para formação em Ciências da Natureza e as outras 60 para formação em Ciências Humanas e Sociais. O processo seletivo é destinado, prioritariamente, aos professores em exercício nas escolas do campo, que não possuem ensino superior, mas também será estendido a outros profissionais da educação em exercício nas escolas do campo ou em programas governamentais que visem à ampliação do acesso à educação básica da população do campo, bem como ao público jovem e adulto residente em comunidades do campo. O curso será ofertado no Campus de Rolim de Moura, na modalidade presencial, em regime de alternância entre Tempo-Universidade e Tempo-Comunidade e terá duração de quatro anos.

 

As provas serão realizadas no dia 28 de junho, das 13h às 17h, nos campi da UNIR de Rolim de Moura, Guajará-Mirim, Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Presidente Médici, Cacoal e Vilhena. A prova será composta por questões objetivas de múltipla escolha e redação. O ingresso dos alunos classificados neste processo seletivo será no segundo semestre de 2015.

 

O edital completo, revisado e alterado, pode ser acessado neste link:http://www.processoseletivo.unir.br/index.php?pag=concursos&id=124.

 

Declaração de vínculo

 

Pelo curso ser destinado a população do campo é exigido aos candidatos para que no ato da inscrição anexe, em campo próprio do sistema de inscrição, declaração de referência oriunda de movimentos sociais ligados ao campo ou órgãos representativos como sindicato rural ou associação de produtores rurais, declarando o vínculo do candidato com o campo. A declaração referida somente terá validade se for feita em papel timbrado dos movimentos sociais ligados ao campo ou órgãos representativos como sindicato rural ou associação de produtores rurais, assinada pelo representante da entidade e com firma reconhecida em cartório, sendo que a não apresentação da mesma, acarretará o indeferimento da inscrição.

 

Conquista

A implantação do curso de Licenciatura em Educação do Campo é considerada pelo Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais uma importante conquista. Este curso vem ao encontro das expectativas dos representantes do campo para uma educação do campo de qualidade, que respeita as especificidades e os princípios da educação do campo, baseados nas relações educador, educando e comunidade. De acordo com o secretário de juventude da FETAGRO, Ailton Santos, esse curso de graduação é resultado de reivindicações e proposições do campo para uma educação pensada para as demandas específicas do campo, e deverá contribui para evitar que o ingresso de jovens e adultos na educação superior reforce a alternativa de deixar de viver no campo.

Fonte: Unir (colaboração assessoria FETAGRO)

Comente

   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados Conexao190. Jaru/RO Levando mais Informação.